quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Fields of the Nephilim no Porto

Está anunciado o concerto dos Fields of the Nephilim a 6 de Fevereiro, no Coliseu do Porto.
Contudo, não há confirmação no site oficial.



Actualizado:
Página dos organizadores Prime Artists

Etiquetas: ,

Comentários "Fields of the Nephilim no Porto"

 

Anonymous Anónimo disse ... (17/12/09 12:30) : 

Oh meu Deus eu tenho de ir.
Mas que notícia!
Fuckkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

 

Anonymous Anónimo disse ... (17/12/09 12:39) : 

Está confirmado no myspace deles e na ticketline também. ;)

 

Blogger ebola disse ... (17/12/09 16:00) : 

Está sim sr, e são 25€ o bilhete :)

 

Blogger katrina a gotika disse ... (17/12/09 20:41) : 

Está aqui a página do organizador:

http://www.primeartists.eu/

Pelo menos há flyer!

 

Anonymous Anónimo disse ... (3/1/10 19:46) : 

Eu peço desculpa por estar a comentar isto aqui mas será que alguém me sabe informar se aos sábados o último comboio no sentido Porto-Braga é apenas o da 00.45 ou algo assim....?

 

Blogger ebola disse ... (4/1/10 09:37) : 

Aparentemente sim, mas o melhor será ires verificando na página da cp se vai haver alterações de horários, por agora tens um à 00h50 a sair de Campanhã.

 

Anonymous Anónimo disse ... (4/1/10 12:58) : 

Será que o concerto acaba a tempo...hmmmmm Obrigada pela atenção e desculpem qualquer coisa ;)

 

Blogger gotika disse ... (7/1/10 04:48) : 

A grande merda dos concertos fora das cidades portuguesas é que nunca há transporte para regressar na mesma noite. Os artistas pensam que o país é pequeno e que é irrelevante tocar em Porto, Lisboa, Braga ou Leiria, ou Faro!, e nem se apercebem da carga de trabalhos que é regressar.
Desconheço como é nos outros países da Europa, mas sei que as pessoas se organizam para viajar entre cidades na mesma noite, partilhando automóvel.

 

Blogger film-m k disse ... (9/1/10 14:53) : 

é de facto irrelevante, o local – passa por uma questão de hábito e organização.

e parece-me muito justa esta descentralização: para quem sempre teve de se deslocar às cidades grandes para ver concertos (ainda no tempo em que não havia scuts), sabe bem, de vez em quando, ter um à porta.

(é que nem só de citadinos vive a musica ao vivo :)

 

Comentar