quinta-feira, 27 de novembro de 2008

[ÚLTIMA HORA] Lock the Target realiza-se na Fábrica de Som

Segundo comunicado da organização, o evento Lock the Target já não se realizará no Uptown mas sim na Fábrica de Som. O festival continua a ser nos próximos dias 28, 29 e 30 de Novembro, no Porto.

Toda a informação AQUI

Cartaz original:

Etiquetas: ,

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

THE CESARIANS + SEAN RILEY & THE SLOWRIDERS :: 29 Novembro

Etiquetas: , ,

20 YEARS PARTY PEOPLE :: 28 NOVEMBRO

Etiquetas:

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Agenda

CONCERTOS

FabrikC + Waste Disposal Machine
Sexta 28 de Novembro, Via Latina, Coimbra



Mão Morta e Moonspell no Festirock 08
28 e 29 de Novembro, Parque de Exposições, Montijo



FabrikC Live Act
Sábado 29 de Novembro, Metropolis, Lisboa



Banane Metalik
Sábado 29 de Novembro, Via Latina, Coimbra



EVENTOS

Oporto Decay
Sexta 28 de Novembro, Heavens, Porto



Tributo aos Ramones
Sexta 28 de Novembro, Metropolis, Lisboa



Lock The Target
28, 29 e 30 de Novembro, Uptown, Porto



Violet Violence
Domingo 30 de Novembro, Heavens, Porto

Etiquetas: , , , , , , , , , , ,

sábado, 22 de novembro de 2008

My Dying Bride :: "For Lies I Sire"


"For Lies I Sire" é o título do novíssimo ábum dos mestres do Doom, My Dying Bride. A sair algures em 2009, este será o 10º da sua extensa carreira. Ainda sem cover conhecida, foi divulgada a tracklist:

1. Fall With Me
2. My Body, A Funeral
3. The Lies I Sire
4. Bring Me Victory
5. Echoes From A Hollow Soul
6. Shadow Haunt
7. Santuario Di Sangue
8. A Chapter in Loathing
9. Death Triumphant

Etiquetas: ,

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Agenda [actualizado]

CONCERTOS

Mão Morta
Sexta 21 de Novembro, Auditório São Bento Menni, Barcelos

Heavenwood + Hyubris
Sábado 22 de Novembro, Casa da Música, Porto

Fade In: Bela Emerson + Lliane Hall
Sábado 22 de Novembro, Orfeão Velho, Leiria

EVENTOS

Graveyard Party
Sexta 21 de Novembro, Metropolis, Lisboa



Bouquet of Dreams
Sexta 21 de Novembro, Parke, Porto

Etiquetas: , , , , , , , ,

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Headzum.org Novembro 08


A Headzum.org de Novembro já está disponível para download. De salientar a entrevista aos Uni-Form.

Etiquetas: ,

terça-feira, 18 de novembro de 2008

BELA EMERSON + LIANNE HALL :: 22 Novembro :: Leiria

Mais uma proposta do Festival Fade In:
Quanto a BELA EMERSON:
"[...]O FESTIVAL FADE IN revela [...] o talento da britânica BELA EMERSON que nos vai oferecer um arrojado e revolucionário recital de violoncelo. Segundo o “Venue Magazine”, a música de BELA EMERSON “é extremamente espontânea, bela, e poderosa”. Utilizando o método de construção por camadas de sequências, a artista vai construindo uma parede sonora extraordinariamente envolvente, pontificada por um grau de experimentalismo que lhe confere uma característica e identidade próprias. No espaço místico do Orfeão Velho de Leiria, BELA EMERSON criará um ambiente de intensidades múltiplas, num espectáculo misto de experimentação e descoberta. Uma experiência a ter!"
Quanto a LIANNE HALL:
"LIANNE HALL é uma cantautora britânica que nos brindará com as suas canções de fino recorte. Com uma voz que deambula entre os timbres de Liz Frazer e Imogen Heap, LIANNE HALL foi recentemente recrutada para dar voz ao novo álbum a solo de Paul Hartnoll (Orbital) - num papel habitualmente desempenhado por Goldfrapp - gravando com o também convidado e líder dos The Cure, Robert Smith. No FESTIVAL FADE IN 2008 esta compositora e cantora (considerada uma autêntica veterana do programa do famoso e, infelizmente, desaparecido John Peel - onde gravou cinco “Peel Sessions”!!!) apresentar-se-á em palco munida da sua guitarra eléctrica, de um teclado, e de uma loop station, para construir o espectro sonoro ideal para as suas canções folk, com travo a country, e com leves reminiscências punk… "
Mais informações em: www.myspace.com/fadeinfestival

Etiquetas: , ,

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Dead Hour Festival cancelado (para já)

O Festival Dead Hour, inicialmente marcado para 13 de Dezembro na Voz do Operário, contando com as presenças de peso de And Also the Trees e Suicide Commando, foi adiado para termos mais ou menos indefinidos segundo comunicado da organização:

quinta-feira, Novembro 06, 2008


FESTIVAL DEAD HOUR II + AJUDA DE BERÇO(ADIADO)

Caros amigos,

O FESTIVAL DEAD HOUR II + AJUDA DE BERÇO, foi adiado de forma a proporcionar ás bandas e publico melhores condições e divulgação.

Novas datas:

4 de abril (em sala a anunciar brevemente)

Suicide commando, Eden synthetic corps e banda a anunciar

30 de Maio (em sala a anunciar brevemente),Lisboa:

And Also The Trees (por confirmar), Espelho Mau, Uni_Form e Woman In Panic

Bilhetes já vendidos são válidos para as duas novas datas.

Bilhetes:

Passe de 2 dias 25.00 euros

Bilhete diário 15.00 euros

Para quem já comprou bilhete e esteja interessado em trocar ou devolver, poderá fazê-lo apartir de dia 12 de novembro em todos os locais onde se encontram á venda.

Novo sistema de bilhetes estará disponivel Brevemente em todos os locais habituais de venda.

Mantém-se também a campanha de angariação de géneros para a Ajuda de Berço bem como os 2 euros a reverter para a mesma instituição.

Será colocado antes do final de novembro um link no myspace da Dark Silence Factory para compra de bilhetes para o Festival.

Esta será a última edição do festival dentro deste formato e parãmetros musicais pelo que contamos com a vossa presença para que seja uma despedida cheia de música e valor humano.

Fica o cartaz inicial do espectáculo:




Mais informação:
www.myspace.com/darksilencefactory

Etiquetas: , , , , ,

Agenda [actualizado]

CONCERTOS

Sigur Rós
Terça 11 de Novembro, Campo Pequeno, Lisboa


EVENTOS

Especial The cure
Quinta 13 de Novembro, Heavens, Porto

Funeral Party
Sexta 14 de Novembro, Metropolis, Lisboa



Flashback! Remember Yesterday
Sexta 14 de Novembro, Pitch, Porto



The Gathering Party 12
Sábado 15 de Novembro, Metropolis, Lisboa



Hypnotikcircuit - Lock the Target Warm Up
Sábado 15 de Novembro, Fábrica de Som, Porto



Boca Amarga Cabaret
Sábado 15 de Novembro, Europa, Lisboa

Recebido por email:

Boca amarga cabaret
acções e intromissões


Em hora de gnomos, pequenos sustos, nuvens que falam.


15 de Novembro, 23h
europa
r. nova do carvalho, 16
lisboa, cais do sodré


acções: Miss Peter Von Fleur; Liz Vahia; Nuno Oliveira; Vítor Mácula; Presidente Drogado; Marciana Verde; Carlos Melo; Rosa Íris; Rubbatto Mobile Ensemble.


intromissões: Wolfgang Press; Steven Brown; Belle Chase Hotel; músicas gregas, húngaras; Virgin Prunes; Maria Callas; Weyes Bluho; António Contador; Ritchaz & Kéke; Allen Ginsberg; Tuxedomoon; John Lee Hooker; Antonin Artaud; Combustible Edision; Goebbels; The creatures; Cinema Strange; Pierre Schaeffer; Amália Rodrigues; Velvet Underground; Baba oe-mf; Etsuko Chida; Hector 2; Ataraxia; Cabaret Voltaire; Carlos Paredes; Suicide; Billie Holiday; Mr T; Naughty Zombies; António Variações; Nina Hagen; Steve Reich; coisas que ninguém sabe o nome; etc.



Dark Night
Sábado 15 de Novembro, Heavens, Porto

Etiquetas: , , , , , , , ,

terça-feira, 11 de novembro de 2008

The Sisters Of Mercy :: We're very much involved in writing the new material (Side-Line Interview)

Fica esta entrevista da Side-Line (http://www.side-line.com/) ao guitarrista de Sisters Of Mercy Ben Christo.
The Sisters Of Mercy are currently on tour in the USA and will do a big European tour, starting beginning 2009. We had the chance to have an interview with lead-guitarist Ben Christo about the past, present and future of one of the most important bands in the alternative scene ever... (By DJ Wildhoney / Picture by Andreas Schinski)

SL: You seem to be a very busy guy. Not only playing lead-guitar with The Sisters Of Mercy on tours around the world, but you are also involved in other activities like acting, DJ-ing, playing with bands like Ayin Aleph, Lingo Scott and Sybreed ... Do you still find time to do everything?

BC: Yeah, the time's balanced pretty well - The Sisters Of Mercy work in intense pockets of activity... and then we have a good few months to pursue other projects.

SL: Tell us the story: how did you become guitarist of The Sisters Of Mercy? Or did you perhaps just do an audition in secret without knowing for which band at all?

BC: It was a little like that. All I can say is that it was a very bizarre experience - and not the band I was expecting...

SL: How could you convince Andrew Eldritch to play in the band Claytown Troupe as support for... The Mission?

BC: Very easily. He had absolutely no problem with it whatsoever. If there is any Mission/Sisters rivalry it exists purely between the fans.

SL: Tell us some of your all-time favourite records you play on parties as a DJ...

BC: Here is my list:
Killing Joke - Eighties
Bon Jovi - You Give Love a Bad Name
Firehouse - All She Wrote
The Cure - Fascination Street

SL: Your band Night By Night has clearly some 80's-metal influences. Is there a big contrast between your love for this music and playing with The Sisters Of Mercy?

BC: In some ways. The Sisters Of Mercy have taught me the value of space and finding one's place within the 'engine' of the music. Hitherto, I had a proclivity for making every track I wrote a showcase for guitar prowess... rather than embracing the importance of THE SONG. I now understand that it's cool for there to be no guitars for an entire section! Eighties Rock is just one strand. I have a huge love for darker music - Depeche Mode, Killing Joke etc. In Night by Night we try to combine the anthemic and melodic qualities of acts such as Def Leppard and The Cult with the introspection and anxiety of the likes of The Cure and Depeche Mode...

SL: So when will there be a first release and big tour of Night By Night?

BC: We're looking at some festival dates and tours for 2009. Debut album around summer. Our EP can be purchased from our Myspace page (www.myspace.com/benchristo).

SL: And, euh, any idea when we finally can see a new release of The Sisters Of Mercy? The updated versions of some old songs and the previously never released new songs as "Susanne", "Summer", "Romeo Down", "Crash And Burn" are surely already classics for the (still hugh) fanbase worldwide...

BC: No idea. Sorry!

SL: Most of the people at town-festivals like Suikerrock (B) only know classics like "Alice" or "Temple Of Love". Is this not frustrating to play for such an audience?

BC: No, it's fantastic, because those songs are so well-written that they will always be fun to play. The enjoyment is fortified ten-fold by the crowd's energy in response to these well-loved tracks.

SL: Which songs do you like to perform most live and why?

BC: "Alice", "When You Don't See Me", "Something Fast", "Giving Ground", "Logic"... because I've loved these tracks since I was 13 years old, listening to them on the school bus! "Susanne" and "Summer" because the riffs are so well-written. Eldritch and Pearson, or so I believe.

SL: How deep are you involved in writing new material? In which way did you put your stamp on The Sisters Of Mercy since you joined the band in 2006 and what about the future?

BC: We're very much involved in writing the new material. I like to think that Chris and I have brought a youthful exuberance to the band. It's less morose and more energetic. I find the live performance incredibly cathartic, it really means something to me... and I hope that's communicated in the live performance.

in, http://www.side-line.com/interviews_comments.php?id=37112_0_16_0_C

Etiquetas: , ,

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Agenda [actualizado]

EVENTOS

Dark Night
Sexta 7 de Novembro, Heavens, Porto


Festival Efeito Borboleta
7 e 8 de Novembro, SAT, Tramagal


B80s: Festa anos 80
Sábado 8 de Novembro, Metropolis, Lisboa


Twisted Session for Twisted People
Sábado 8 de Novembro, Heavens, Porto

Etiquetas: , ,

Manifesto do Pórtico



O Pórtico é um portal que se destina a divulgar eventos, notícias, locais, música e outros temas de interesse para o movimento gótico português, à semelhança do que se faz noutros países.

Um pouco de História
O projecto, humilde e despretensioso, surgiu em finais de Agosto de 2006 para suprir a falta de um único site de informação organizada e concisa que apenas e só cobrisse temas que interessassem ao movimento em Portugal: festas, concertos, lojas, fóruns, outros sites, e tudo o resto que se mostrasse relevante. Mas o mérito de arrancar com este espaço (ousado para a altura) não se deve apenas aos fundadores: tivemos muito apoio e incentivo de outras pessoas a quem propusemos a ideia e que também sentiam a falta de um portal semelhante. O movimento, em Portugal, sempre viveu muito de se pertencer a grupos fechados de onde a informação só passava para conhecidos directos ou indirectos. Resultado, muitas vezes os eventos aconteciam e ninguém sabia que tinham existido. Não havia um site que agregasse e organizasse a informação e tínhamos que ir pescá-la, aqui e ali, com as grandes perdas de tempo que isto acarretava. Então pensámos: porque não partilhar uns com os outros e tornar a procura mais fácil para todos? Para nossa surpresa, a adesão das pessoas foi grande e calorosa e acho que falo por todos quando digo que o nosso trabalho (prazer) tem sido apreciado e nos sentimos recompensados quando recebemos comentários e mails de apreço e ajuda e novos colaboradores.

Como funciona o Pórtico?
O lema do projecto poderia ser "se te interessa a ti ou a pessoas que conheces, interessa ao Pórtico".
A participação depende da disponibilidade de tempo e interesses de cada colaborador. Todos os artigos e comentários publicados são, obviamente, da inteira responsabilidade dos seus autores.
A escrita do Pórtico pretende-se informativa e objectiva: jornalística. O Pórtico não é um blogue pessoal mas sim um espaço de informação. A única excepção a esta regra são os artigos de opinião (crítica, comentário, etc) que têm forçosamente uma grande componente subjectiva e onde é difícil não mencionar gostos pessoais.
O Pórtico é imparcial e pretende divulgar todos os eventos de interesse sem ter em conta quem os organiza e quem os frequenta.
A publicação dos artigos tem seguido a regra "quem sabe primeiro e acha interessante, publica". Em caso de dúvida, pode-se sempre auscultar as opiniões dos outros colaboradores.
Este projecto funciona como um passatempo e não tem fins lucrativos. O nosso objectivo e gratificação é contribuir para o movimento gótico da mesma forma que o movimento gótico contribuiu para as nossas vidas.

Quem pode colaborar no Pórtico?
Em princípio, toda a gente, mesmo sob anonimato. O Pórtico funciona no Blogger porque é acessível e gratuito e porque graças ao sistema de comentários é um espaço onde qualquer pessoa pode deixar notícias e mesmo corrigir informação. Deste modo, o projecto quase que vive por si próprio e não ocupa tempo com manutenção, o que é muito importante para todos os colaboradores porque o Pórtico é, afinal, um passatempo, e não tem fins lucrativos.
Para ser colaborador efectivo do Pórtico é necessário, acima de tudo, ser sensível à cultura gótica. O Pórtico não é um portal de metal, nem de electrónico, nem de alternativo. Embora não recuse artigos sobre estes temas consoante o seu interesse, o Pórtico é um portal gótico e não se pretende aglomeração de informação que pode ser obtida mais facilmente noutro local mais específico. Ao longo destes primeiros anos a "linha editorial" do Pórtico, por assim dizer, já está bem definida.
Escrever bem é um requisito preferencial.
De resto, basta ao colaborador do Pórtico desejar também retribuir à comunidade tudo aquilo que o movimento gótico lhe deu.
Não existe regularidade de participação mas espera-se que o participante... participe. Dentro da sua disponibilidade.
Quem quiser tornar-se colaborador efectivo do Pórtico pode enviar o pedido por email a qualquer um de nós.

O futuro do Pórtico
Desde que o Pórtico foi fundado, em finais de Agosto e princípios de Setembro de 2006, muitas iniciativas idênticas têm surgido, quer em forma de fórum ou portal. Neste panorama, o objectivo do Pórtico não é dividir, nem competir, mas agregar a informação para o benefício de todos. Aliás, como sempre fez desde o início, mantendo uma isenção e imparcialidade cujas melhores testemunhas são os leitores que nos acompanharam até aqui.
O futuro do Pórtico passa por continuar o bom trabalho, privilegiando a agenda de eventos em todo o país e não se dispersando do lema de ser um portal assumidamente gótico.
Enquanto nos der gozo fazê-lo, estaremos aqui.
Contamos com todos os leitores para nos ajudarem a reunir informação, seja por email ou nas caixas de comentários.

O Pórtico é, como sempre foi, um portal de nós para vós e de vós para nós: um portal só para nós!

Muito obrigados pela vossa atenção!




6 de Novembro de 2008

Etiquetas: , ,

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

DIE FORM :: BEST OF XXX

Saiu agora mesmo, no fim de Outubro este Best Of de DIE FORM de edição altamente limitada, para comemorar os 30 anos de carreira deste profícuo projecto.
A ideia foi a seguinte:
"With a unique multimedia-based approach and intriguing sound design, legendary French art-Electro-project DIE FORM is a one-of-a-kind experience.
To adequately celebrate three decades of their extraordinary and extreme art, Philippe F. and Eliane P. are releasing a very special box set, titled “BEST OF XXX”, which includes the most powerful and well-known rhythmic titles that have been the foundation for the creative duo’s continuing success. All of the timeless tracks have been completely reworked, rearranging and re-recording all the machines and original elements (sequencers, drum machines, analog- & digital synthesizers, samplers, tapes and effects) and Eliane’s vocals, using current state-of-the-art technology. Special care has been taken to leave the spirit and the force of the original recordings intact, while significantly improving the overall quality. This project is addressed to the connoisseurs as well as to a new audience eager to discover the exceptional sonic universe of DIE FORM.
“BEST OF XXX” will be released as a strictly limited double CD in a deluxe Edition in leather-look with silver embossing print, and containing a bonus disc with rare and unreleased tracks plus a luxurious booklet with deluxe prints of the best photographic works from Philippe Fichot
." in http://www.outofline.de/content/newsletter/newsletter02100802.html

Ficam as faixas que compõem esta edição:
Disc 1:
01. Bite Of God
02. Silent Order
03. Erotic Non Stop
04. Masochist
05. Chronovision
06. The Hidden Cage
07. Automatic Love
08. Slavesex
09. Telemat
10. Savage Logic

Disc 2:
01. Martyrium (Memorial to H.)
02. Spiral
03. Rain Of Blood
04. Phenomena Of Visitation
05. Doctor X
06. Sonic Temple
07. Imagine
08. Chain Reaction
09. Diktat
10. Cantique
Disc 3:
01. Relics
02. The Shadow Box
03. The Saw X
04. Stella
05. Glassphyxie
06. In The Depths Of Mania
07. Rosa Aeterna
08. Rain Of Blood @120

Etiquetas:

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Peter Murphy :: Coliseu dos Recreios, 1 Novembro


“Loves Me, Loves Me Not”... foi assim que das sombras apareceu Peter Murphy em pleno feriado religioso para partilhar durante duas horas, músicas da sua carreira a solo e da época Bauhaus. Poucos meses depois de ter actuado no Festival Marés Vivas, um Coliseu praticamente cheio, esperava o artista. E é notável a sua empatia com o público português, estabelecendo por diversas vezes comunicação com este. Agradeceu e distribuiu “olá”, elogiou a beleza do Coliseu, falou sobre o novo álbum e ficámos a saber que ficou pronto recentemente, tendo sido produzido recorrendo a financiamento próprio, sem recurso a editora.

“Retrospective Tour”, já era anunciada como uma passagem por toda a sua carreira. Temas como “Time has Got Nothing To Do With It”, “Marlene Dietrich´s Favorite Poem”, “I´ll Fall With Your Knife”, “Strange Kind Of Love”, “Cuts You Up”, “Huuvola”, “Deep Ocean, Vast Sea” revisitaram os seus álbuns mais antigos, enquanto “Idle Flow” foi escolhido do último álbum, “Unshattered”. Mas era inegável que o público também queria ouvir Bauhaus e “Burning From The Inside” foi o primeiro a ser servido. “All We Ever Wanted Was Everything” causou arrepios; “She´s In Parties” levou a sala ao delírio com toda a gente a mexer e uns segundos de “Bela Lugosi´s Dead” trouxeram a nostalgia de uma das músicas mais marcantes do rock gótico. Pertencente ao último álbum dos Bauhaus “Go Away White”, tocaram “Black Stone Heart”. Peter Murphy não poupou elogios à sua nova banda e referiu que os Bauhaus estavam ali mesmo! Em “Hurt”, um original de Nine Inch Nails, subiu a uma espécie de escadote e aí pendurado, qual morcego na sua caverna, fez a sua interpretação.
Ao longo de todo o concerto mostrou ser muito mais que um cantor. Todas as músicas são vividas intensamente, verdadeiro performer, lembrando muitas vezes o próprio David Bowie. Percorreu toda a superfície do palco a dançar, várias foram as vezes em que esteve no chão e muitas foram as poses misteriosas a lembrar os tempos obscuros de Bauhaus, não mostrando falta de energia nos seus cerca de 50 anos de idade.

No segundo encore e depois do êxtase de “Cuts you Up” , eis que presenteia os fãs com uma música do novo álbum ainda por editar. Quando já o público se preparava para sair, ainda regressa ao palco para o terceiro encore da noite, “All Night Long” brilhantemente interpretado, foi o culminar de uma noite simplesmente fantástica e memorável…

BELA LUGOSI´S (NOT) DEAD...!!!

Etiquetas: , ,

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Revue Noir - "Anthology Archive"

Sam Rosenthal (Black Tape For A Blue Girl) e Nicki Jaine, conhecida por dar voz a projectos de sonoridades Dark Cabaret, juntaram-se em Revue Noir e criaram "Anthology Archive".
Tal como antes da 2ª grande guerra (com as devidas ressalvas), agora vivemos um período de crise mundial onde nada parece funcionar, tornando algumas mentes sedentas por ambientes decadentes e pessimistas, "Anthology archive" traz-nos isso mesmo, a voz brutalmente honesta de Nicki embalada pelos arranjos minimalistas de Sam recriam com uma exactidão quase mórbida os ambientes que imagino serem os que se viviam em Berlim nos anos 30.
Editado sob o selo da Projekt, o álbum está organizado em 2 partes, a primeira de material editado (as primeiras 5 musicas) e a segunda de material ao vivo e demos.
Das 13 canções que compõem este trabalho, apenas nas versões capturadas ao vivo o ambiente de cabaret é substituído por uma ligeira brisa de "pop", o CD é composto por 10 canções originais e 3 boas versões, "All Tomorrow Parties" dos Velvet Underground, "Rock and Roll Suicide" de David Bowie e "Alabama Song" de Kurt Weill.
Em resumo, Anthology Archive é um trabalho intimo, negro, profundo que não será para qualquer ouvido, mas que figurará de certeza, como um dos melhores para apreciadores do género.

Alinhamento :

1 - The Gravediggers
2 - Amsterdam
3 - A Girl, A Smoke
4 - Rock ‘N' Roll Suicide
5 - Sometimes, Sunshine
6 - I have no more answers
7 - A Girl, A Smoke [ REHEARSAL ]
8 - All Tomorrow's Parties [ LIVE ]
9 - Alabama Song [ LIVE ]
10 - Halo Star [ LIVE ]
11 - Strange Little Show
12 - Sunshine IV
13 - She is the Madman

Etiquetas: , ,